As dúvidas mais frequentes sobre Imposto de Renda

imposto de renda

Com a abertura de prazo para a declaração do imposto de renda prevista para março, é natural que dúvidas retornem. Por isso, nesse artigo respondemos algumas das dúvidas mais frequentes sobre imposto de renda.

Em 2022 o imposto de renda completou 100 anos de existência. Desde então, os valores arrecadados têm contribuído para o desenvolvimento do Brasil, financiando a saúde, educação, segurança e inúmeros serviços públicos prestados ao cidadão brasileiro.

Sobretudo, cada declaração é única, e ninguém melhor que o contador para te orientar nesse processo. Dessa forma, conte sempre com a equipe Contabius.

Acompanhe a seguir algumas das dúvidas mais frequentes sobre o IRPF.

Quem precisa declarar Imposto de Renda em 2023?

  • Pessoas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano, ou por volta de R$ 2.380 por mês (estando incluso salários, aposentadorias, pensões e aluguéis);
  • Os que recebem rendimentos não tributáveis, isentos ou tributado exclusivamente na fonte no valor acima de R$ 40 mil; incluindo FGTS, seguro-desemprego, doações, heranças PLR;
  • Aqueles que ganharam capital vendendo bens ou direitos submetidos a pagamento do IRPF;
  • Quem realizou operações na bolsa de valores;
  • Pessoas com bens ou direitos acima de R$ 300 mil em 31 de dezembro de 2022;
  • Aqueles que tiveram Receita de atividades rurais acima de R$142.798,50.

Vale a pena incluir dependentes na declaração?

A princípio, a inclusão de um dependente pode te garantir uma dedução de mais de R$2.000,00.

Entretanto é preciso avaliar bem, pois caso o dependente tenha em seu nome muitos bens tributáveis, o titular pode ter que pagar mais impostos.

Rendimentos tributáveis e não tributáveis 

Os rendimentos tributáveis são aqueles que recaem no Imposto de Renda Retido na Fonte. Entre eles estão:

  • Salários;
  • Aluguéis admitidos;
  • Pensões;
  • Férias;
  • Benefícios previdenciários (Aposentadoria por idade, por Tempo de Contribuição, Salário – Maternidade, Especial e por Invalidez);
  • Licença especial ou prêmio etc.

Já os rendimentos não tributáveis ou também chamados de isentos, são valores que você recebe e que não são aplicados IRRF. São alguns deles:

  • Benefícios previdenciários (Auxílio-Doença, Auxílio-Acidente, Auxílio-Reclusão e Salário-Família);
  • Reembolso de viagens;
  • Auxílio-alimentação dado pela empresa;
  • Auxílio-transporte dado pela empresa, e outros.

O que é a restituição do Imposto de Renda?

Restituição é a devolução do valor que você pagou a mais no imposto de renda.

Por exemplo, se você tem seu IRPF descontado em folha de pagamento e no ato da declaração consegue provar que tem vários gastos dedutíveis e no fim das contas pagou mais do que deveria, você recebe essa diferença.

O que acontece se a declaração do Imposto de Renda não for entregue?

Depois do prazo estipulado pela Receita Federal, assim que você fizer sua declaração, pagará uma multa pelo atraso no envio, além é claro da multa que corre sobre o valor do imposto devido. Você também pode ser impedido de fazer empréstimos e prestar concurso público.

Além de sanar essas dúvidas, a Contabius te dá o suporte necessário para que não haja problemas na hora de realizar a sua declaração. 

Fale com um de nossos consultores e venha fazer parte da família Contabius.

Compartilhe o nosso artigo

Outros posts

contabilidade

Benefícios de empreender no Digital

Nos dias de hoje, a digitalização tornou-se muito mais do que uma tendência; é uma necessidade vital para a permanência e o crescimento dos negócios.

Contabilidade parceira do seu Negócio

Não perca tempo e converse com um de nossos especialista para tirar suas dúvidas