O que são riscos tributários?

Riscos tributários referem-se a possíveis condições adversas relacionadas à legislação fiscal. De fato, eles podem surgir de várias fontes, incluindo interpretações erradas da lei tributária, declarações imprecisas, mudanças normativas e processos com autoridades fiscais.

Em linhas gerais, esses riscos geram penalidades financeiras, juros sobre impostos não pagos, danos à reputação da empresa, entre outros prejuízos. Nesse sentido, destacamos neste artigo os principais riscos tributários de uma empresa e as estratégias preventivas para evitar essas ameaças ao seu negócio. 

Por que se preocupar com os riscos tributários?

Lidar com as inúmeras obrigações fiscais e tributárias é uma tarefa desafiadora para a maioria dos empreendedores. Mesmo aqueles que são cuidadosos e cientes das leis, podem cometer equívocos que atraiam a atenção dos órgãos de fiscalização. 

É válido pontuar que ignorar ou subestimar os riscos tributários pode levar a uma série de consequências desagradáveis para uma empresa. Desde multas e penalidades financeiras até danos à reputação, as consequências de não cumprir as regulamentações podem ser profundamente prejudiciais. Além disso, também podem afetar a capacidade de atrair investidores, obter financiamentos e manter a confiança dos clientes e parceiros de negócios.

Por onde começar a análise dos riscos tributários?

Em primeiro lugar, é importante compreender a legislação tributária pertinente ao seu empreendimento. Isso implica conhecer as responsabilidades fiscais, as taxas de impostos, os prazos para cumprir obrigações acessórias e outros aspectos relevantes. Dessa maneira, é fundamental ter em mente que a legislação fiscal é dinâmica e exige que as empresas estejam atualizadas sobre essas alterações.

Após essa etapa, a empresa deve identificar as áreas de vulnerabilidade em suas atividades. Isso inclui avaliar quais operações estão sujeitas a maior investigação por parte das autoridades e quais obrigações apresentam maior complexidade fiscal. Uma vez que os riscos tenham sido identificados, é crucial que a empresa avalie o impacto financeiro de cada um. 

Principais riscos tributários

Erro no enquadramento tributário 

Um posicionamento tributário inadequado ocorre quando a empresa está sob um regime de tributação que não corresponde adequadamente à sua situação atual. Por exemplo, ao escolher o Lucro Presumido em vez do Simples Nacional, mesmo que este último seja mais vantajoso. É importante entender que não há uma fórmula para determinar o posicionamento ideal, já que cada modelo de negócio tem suas necessidades específicas. 

Desconhecimento das leis fiscais

Esse erro se apresenta como uma questão preocupante que expõe a empresa a sérios riscos legais. Não há desculpa para negligenciar uma obrigação simplesmente por falta de informação sobre sua existência. No contexto jurídico, assim que uma lei é promulgada, presume-se que todos os envolvidos estão cientes dela. Dessa forma, é responsabilidade do empresário manter-se atualizado sobre as normas que se aplicam ao seu empreendimento, garantindo o cumprimento integral de todas as disposições.

Inconsistências de informações 

A transmissão das responsabilidades contábeis é enviada para os órgãos fiscais, a fim de apresentar como a análise tributária foi conduzida e o montante dos impostos gerados e liquidados.

Quando há discrepâncias nestes relatórios, os órgãos de supervisão podem emitir notificações à sua empresa, impondo penalidades e sanções que impactam negativamente a estabilidade financeira do empreendimento.

Negligência na emissão de notas fiscais

Existe ainda a possibilidade de enfrentar problemas fiscais ao obter lucros sem registrar devidamente através da documentação fiscal. Basicamente, a emissão de notas fiscais é essencial para determinar a quantia sujeita à tributação. Dessa maneira, ao não emitir esse recurso, a quantia sujeita a tributação diminui e o montante a ser pago em impostos também diminui.

Esse comportamento é identificado como evasão fiscal e é considerado como uma infração legal. Mesmo quando ocorre sem intenção deliberada, pode acarretar em consequências sérias tanto para a empresa quanto para o empresário.

Como diminuir os  Riscos Tributários?

Identificar e mitigar os riscos tributários requer uma abordagem proativa e abrangente. 

Assim, para gerenciá-los de forma eficaz é preciso: 

Balanços fiscais regulares: Realizar vistorias fiscais regulares ajuda a identificar áreas de potencial não conformidade e corrigi-las antes que se tornem problemas maiores.

Manter-se atualizado com a Legislação: As leis fiscais estão em constante evolução, e é essencial que as empresas estejam cientes de quaisquer mudanças que possam afetar suas operações. Isso pode exigir a contratação de consultores fiscais ou contadores especializados para fornecer orientação em tempo real.

Investir em treinamento e educação: Educar colaboradores sobre as leis fiscais e as melhores práticas de conformidade evita erros e garante que todos na organização estejam alinhados com as políticas fiscais da empresa.

Utilizar tecnologia financeira: O uso de softwares e sistemas de gerenciamento financeiro automatizam processos contábeis e fiscais, reduzindo o risco de erros humanos e melhorando a precisão e conformidade.

Buscar consultoria especializada: Em casos de complexidade tributária ou incerteza, buscar orientação de especialistas é a medida mais prudente para evitar potenciais armadilhas fiscais.

Proteja o futuro da sua empresa: A Contabius pode te ajudar! 

Em resumo, os riscos tributários são uma realidade inevitável para qualquer empresa, mas isso não significa que devam ser temidos. Com o conhecimento adequado e uma abordagem proativa para a conformidade fiscal, as empresas podem amenizar esses riscos e proteger seu futuro financeiro.

Portanto, a Contabius compreende e gerencia os riscos tributários do seu negócio através de um estudo detalhado das operações da sua empresa. Com precisão e responsabilidade legal, nossos especialistas avaliam os potenciais problemas tributários associados às suas atividades e adotam medidas para reduzi-los, resultando em economia financeira significativa e prevenção de danos à sua imagem e reputação. 

Entre em contato com a Contabius e conheça nossas soluções fiscais personalizadas para o seu negócio. 

Compartilhe o nosso artigo

Outros posts

contabilidade

Quais os riscos de vender sem nota fiscal?

Vender sem emitir nota fiscal pode parecer uma solução tentadora para muitos empreendedores. Afinal, evita-se uma série de burocracias e custos aparentemente desnecessários. No entanto,

Contabilidade parceira do seu Negócio

Não perca tempo e converse com um de nossos especialista para tirar suas dúvidas